Letra do Hino da AELE



“LUTAR COM PALAVRAS”

Letra: Sebastião Araújo
Música: Sebastião Araújo / Edmundo Fernandes

Ó terra-Mãe, que em nosso peito brilha
Ouve o clamor de tantos descontentes
Que na tormenta deste chão se agitam
Ao dissabor do teu sol tão ardente.

De Portugal o mundo vem primeiro,
Com negro e índio ergueu-se uma vila
De mameluco a mulato, herdeiros
Pequeno Nicho, a terra santifica.

Refrão: Lutar com palavras é vencer o vencedor ! (3 vezes)

Do massapê, a cana e a riqueza
Que teus barões há séculos ostentam.
E um progresso em grande incerteza
Que aos teus filhos há tempo afugenta.

Dos ideais de liberdade És Mãe !
Tu viste a República nascer.
Brios de guerreira, Tu tens, não Te acanhes.
Abre os braços, é um novo amanhecer!

Refrão: (1 vez)

Faze de nós condutores da história
Que engrandece o homem e sua alma.
Igual Tobias, vulto de outrora
Para que eterna também seja nossa fala.

E esta casa enfim, edificada
Pelo modesto homem acadêmico.
Jamais se canse de honrar Escada
Para orgulho do povo escadense.

Refrão : (1 vez)

**************************************

NOSSO BRASÃO


O brasão representa as nossas origens. Nele construímos nosso escudo de lutas em favor da cultura escadense e da literatura.
Ele é composto de uma linguagem simbólica significativa que traduz cultura, valores, crenças e armaduras de luta.
Assim o constituímos:
Os louros: simbolizam a glória, o triunfo e a planta consagrada ao deus Apolo.
O livro: fonte dos saberes de diversas linguagens literárias; objeto milenar que armazena o pensar através da escrita que imortaliza a produção do acadêmico.
A pena: simboliza a proteção, a fecundidade, a clarividência, a fantasia, a lua, a justiça, o poder, o pensamento e a leveza da escrita poética e libertadora.
A escada: simbolicamente representa o nome da nossa cidade. No entanto, no brasão a escada é constituída pelas lanças indígenas, nas linhas verticais; nas linhas horizontais, pelas correntes da escravidão dos negros da região da Mata Sul de Pernambuco.
A cana: representa o poder econômico da região.

A fita: com ondulações na cor vermelha, traduz nosso lema “Lutar com Palavras”, nos encorajando na busca incessante da justiça e da paz. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário